Serão Inquieto

António Patrício

15,00 

Título: Serão Inquieto
Autor: António Patrício
Edição: Companhia Portuguesa Editora
Ano: 1910
Páginas: 199
Encadernação: Dura

SOBRE
m 1910, António Patrício deu ao prelo a primeira edição do livro de contos Serão Inquieto. À série de contos Diálogo com uma águia, O precoce, O homem das fontes, Suze e O Veiga, seguem-se Words, notas que António Patrício selecionou e transcreveu de um caderno de notas e atribui em nota de rodapé a um tal C.F., seu «ex-condiscípulo», que se despedira do autor «para casar, como outros se despedem para morrer», e que «não ferem sensivelmente a moral pública», sendo possivelmente «os senhores dirão – curiosas».


SOBRE O AUTOR

António PatrícioAntónio Patrício (1878-1930). Poeta, Contista, Dramaturgo, Jornalista. Frequentou a Escola Naval em Lisboa, formando-se depois em Medicina no Porto. Depois da Implantação da República, foi nomeado cônsul de Portugal na Corunha, em Cantão, Manaus,  Bremen, Atenas, Istambul. Poeta próximo do simbolismo, contista extremamente original, dramaturgo ligado aos grandes mitos da história pátria e ao movimento saudosista, António Patrício foi sem dúvida um dos escritores mais importantes do primeiro quartel do século, hipersensível mas esteticamente dominado, superiormente artista, criador de mundos e personagens que oscilam entre uma ansiosa sensualidade e um intenso espiritualismo. Da sua bibliografia destacam-se as obras: Serão Inquieto (1910); Pedro, o Crú (1918) e D. João e a Máscara (1924).


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar