Carne para Canhão

Carne para Canhão, no original americano THE THIN RED LINE. é um romance brutal e realista, uma narrativa implacável, um documentário justissimo e uma das mais poéticas análises da condição e essência humanas jamais conseguidas pela moderna ficção ocidental. Numa linguagem precisa e apaixonada, James Jones, integra-nos numa companhia de atiradores americanos, conhecida pelo nome de C-de-Charlie e empenhada na campanha de Guadalcanal. Depois, perante so nossos olhos maravilhados de espectadores, começa a desenrolar-se o destino daqueles homens unidos pelo medo e pela coragem, a sua tentativa para tornar quotidianos acontecimentos tão excepcionais como o matar o primeiro inimigo, o assistir ao estertor terrível de um companheiro despedaçado por uma granada, o avançar através de uma selva que, como um casulo, os envolve, a todos, na mesma promessa de morte. Dá-se então um crescendo de tensão paralelo a uma diminuição das belas e habituais qualidades sociais que se aprende e ama no sossego da paz; e surge o animal humano, puro nos seus atos suas palavras, virtuoso na rudeza da sua situação, banal na realização do seu sacrifício.

Carne para Canhão, no original americano THE THIN RED LINE. é um romance brutal e realista, uma narrativa implacável, um documentário justissimo e uma das mais poéticas análises da condição e essência humanas jamais conseguidas pela moderna ficção ocidental. Numa linguagem precisa e apaixonada, James Jones, integra-nos numa companhia de atiradores americanos, conhecida pelo nome de C-de-Charlie e empenhada na campanha de Guadalcanal. Depois, perante so nossos olhos maravilhados de espectadores, começa a desenrolar-se o destino daqueles homens unidos pelo medo e pela coragem, a sua tentativa para tornar quotidianos acontecimentos tão excepcionais como o matar o primeiro inimigo, o assistir ao estertor terrível de um companheiro despedaçado por uma granada, o avançar através de uma selva que, como um casulo, os envolve, a todos, na mesma promessa de morte. Dá-se então um crescendo de tensão paralelo a uma diminuição das belas e habituais qualidades sociais que se aprende e ama no sossego da paz; e surge o animal humano, puro nos seus atos suas palavras, virtuoso na rudeza da sua situação, banal na realização do seu sacrifício.

10,00 

10,00 

informação do livro

Título: Carne para Canhão
Autor: James Jones
Edição: Bertrnad
Ano: s.d.
Páginas: 503
Encadernação: Mole
Capa: José Cândido
Tradução: Maria Virgínia de Aguiar
Título Original: Thin Red Line

Carne para Canhão, no original americano THE THIN RED LINE. é um romance brutal e realista, uma narrativa implacável, um documentário justissimo e uma das mais poéticas análises da condição e essência humanas jamais conseguidas pela moderna ficção ocidental. Numa linguagem precisa e apaixonada, James Jones, integra-nos numa companhia de atiradores americanos, conhecida pelo nome de C-de-Charlie e empenhada na campanha de Guadalcanal. Depois, perante so nossos olhos maravilhados de espectadores, começa a desenrolar-se o destino daqueles homens unidos pelo medo e pela coragem, a sua tentativa para tornar quotidianos acontecimentos tão excepcionais como o matar o primeiro inimigo, o assistir ao estertor terrível de um companheiro despedaçado por uma granada, o avançar através de uma selva que, como um casulo, os envolve, a todos, na mesma promessa de morte. Dá-se então um crescendo de tensão paralelo a uma diminuição das belas e habituais qualidades sociais que se aprende e ama no sossego da paz; e surge o animal humano, puro nos seus atos suas palavras, virtuoso na rudeza da sua situação, banal na realização do seu sacrifício.

Peso 635 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja