Rasputine

A ideia de assassinar Gregori Efimovich Rasputine não fora agora concebida pela primeira vez. Não foi Khvostov o primeiro a pensar na conveniência, e também na urgência, de tirar o staretz do caminho. Um modesto polícia Sandro e, como ele, outros agentes e políticos tinham encarado essa possibilidade. Mas Sandro e os outros supunham poder contar com um aristocrata como futuro executor do desejo de não poucos russos, mais ou menos sinceros na ansiedade de salvar regime e a dinastia do pernicioso influxo do monge mo diabólico. A sobrevivência de Rasputine era uma vergonha para a Rússia, e, concretamente, para a sua aristocracia, os seus políticos, os seus prelados ortodoxos e até para os pró prios Imperadores.

6,00 

6,00 

informação do livro

Rasputine de Grigori Efimovich. Fomento de Publicações. Lisboa, 1955, 173 págs. Mole.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

A ideia de assassinar Gregori Efimovich Rasputine não fora agora concebida pela primeira vez. Não foi Khvostov o primeiro a pensar na conveniência, e também na urgência, de tirar o staretz do caminho. Um modesto polícia Sandro e, como ele, outros agentes e políticos tinham encarado essa possibilidade. Mas Sandro e os outros supunham poder contar com um aristocrata como futuro executor do desejo de não poucos russos, mais ou menos sinceros na ansiedade de salvar regime e a dinastia do pernicioso influxo do monge mo diabólico. A sobrevivência de Rasputine era uma vergonha para a Rússia, e, concretamente, para a sua aristocracia, os seus políticos, os seus prelados ortodoxos e até para os pró prios Imperadores.

Peso 115 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja