Em Defesa de Aquilino Ribeiro

“Mas através o presente processo, mais do que provar as pretensas ofensas a tais e tais pessoas ou denunciar un ataque a certa estrutura política, o que parece procurar-se é coarctar o direito de um escritor fazer qualquer obra de ficção em que por transposição imaginativa tome posição acerca dos problemas que respeitem ao meio em que está integrado. Quer dizer, pretende-se relegar o artista à situação de simples escrevinhador de histórias, que não têm outra função se não a de divertir o bom burguês satisfeito com a vida e com o mundo.”

12,50 

12,50 

informação do livro

Em Defesa de Aquilino Ribeiro de Alfredo Caldeira e Diana Andringa. Terramar Editores. Lisboa, 1994, 285 págs. Brochado.

Sem apontamentos.

“Mas através o presente processo, mais do que provar as pretensas ofensas a tais e tais pessoas ou denunciar un ataque a certa estrutura política, o que parece procurar-se é coarctar o direito de um escritor fazer qualquer obra de ficção em que por transposição imaginativa tome posição acerca dos problemas que respeitem ao meio em que está integrado. Quer dizer, pretende-se relegar o artista à situação de simples escrevinhador de histórias, que não têm outra função se não a de divertir o bom burguês satisfeito com a vida e com o mundo.”

Peso 505 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja