Diário de uma Criada de Quarto

«O patrão não saiu durante todo o dia… Levantou as dálias e, de tarde, não deixou a casa da lenha, onde, durante mais de quatro horas, esteve a partir achas, com encarniçamento… Da rouparia, ouvia eu, com uma espécie de orgulho, as pancadas do malho sobre as cunhas de ferro…»

Diário de uma Criada de Quarto é um romance bem humorado mas severamente crítico, picante sem cair no erotismo pelo erotismo, que põe a nu a outra face da vida – o mundo pessoal, conjugal e familiar oculto pelo biombo das convenções sociais, da imponência dos altos cargos, da respeitabilidade das instituições e do prestígio dos grandes nomes.

Tudo isto conseguido através do relato de uma mulher colocada num ponto estratégico de observação e que é simultaneamente expectadora e protagonista: uma criada de quarto em casas religiosas, em bordéis disfarçados, em palácios da aristocracia e em mansões da burguesia rural.

5,00 

5,00 

informação do livro

Título: Diário de uma Criada de Quarto
Autor: Octave Mirbeau
Edição: Inquérito
Colecção | Nº: Romance Universal | 1
Ano: s.d.
Páginas: 303
Encadernação: Mole
Tradução: José Parreira Alves

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Diário de uma Criada de Quarto é um romance bem humorado mas severamente crítico, picante sem cair no erotismo pelo erotismo, que põe a nu a outra face da vida – o mundo pessoal, conjugal e familiar oculto pelo biombo das convenções sociais, da imponência dos altos cargos, da respeitabilidade das instituições e do prestígio dos grandes nomes.

Tudo isto conseguido através do relato de uma mulher colocada num ponto estratégico de observação e que é simultaneamente expectadora e protagonista: uma criada de quarto em casas religiosas, em bordéis disfarçados, em palácios da aristocracia e em mansões da burguesia rural.

Peso 300 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja
    × How can I help you?