Conselhos Operários

«A verdadeira organização de que têm necessidade os operários no processo re volucionário é uma organi zação em que cada um par tulipa, corpo e alma, tanto na acção como na direcção, em que cada um pensa, de cide e age mobilizando to das as suas faculdades — um bloco perfeitamente unido de pessoas plenamente responsáveis. Os dirigentes profissionais não têm lugar numa tal organização. Bem entendido: terá que haver disciplina… a disciplina re volucionária que resulta do cumprimento das decisões democraticamente assumi das pelo conjunto dos tra balhadores. Mas nunca exercício do poder operário poderá deixar de competir à totalidade dos pperários.»

Indisponível

Esgotado

Indisponível

Esgotado

informação do livro

Conselhos Operários de Anton Pannekoek [et al.]. Centelha. Lisboa, 1975, 141 págs. Brochado.

«A verdadeira organização de que têm necessidade os operários no processo re volucionário é uma organi zação em que cada um par tulipa, corpo e alma, tanto na acção como na direcção, em que cada um pensa, de cide e age mobilizando to das as suas faculdades — um bloco perfeitamente unido de pessoas plenamente responsáveis. Os dirigentes profissionais não têm lugar numa tal organização. Bem entendido: terá que haver disciplina… a disciplina re volucionária que resulta do cumprimento das decisões democraticamente assumi das pelo conjunto dos tra balhadores. Mas nunca exercício do poder operário poderá deixar de competir à totalidade dos pperários.»

Peso 101 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja
    × How can I help you?