Che o Argentino

As memórias de Che Guevara que constituem esta edição abarcam os dois anos que durou a epopeia da Sierra Maestra, desde o desembarque do iate Granma, no dia 2 de Dezembro de 1956, até à queda do ditador Fulgencio Batista, a 1 de Janeiro de 1959.
Episódio após episódio, desenha?se um cenário movimentado e realista, frequentemente dramático, da experiência da guerrilha cubana e do processo através do qual o exército revolucionário conseguiu alcançar uma vitória improvável.
De uma perspectiva individual, a fluência expressiva de Che Guevara – certamente resultado de uma formação cultural muito acima dos padrões médios da época – contribui para desvendar os traços da sua personalidade. Assim, os relatos dão a conhecer uma parte central da sua história de vida, desde que era ainda um médico argentino, empenhado mas inexperiente, até assumir maior protagonismo político e militar e se tornar no mais célebre revolucionário do mundo.
Sendo um registo individual e mantendo?se fiel ao princípio de descrever apenas os episódios em que participou directamente, os Relatos da Revolução Cubana são um documento de inquestionável valor histórico.

Che o Argentino de Ernesto Che Guevara

As memórias de Che Guevara que constituem esta edição abarcam os dois anos que durou a epopeia da Sierra Maestra, desde o desembarque do iate Granma, no dia 2 de Dezembro de 1956, até à queda do ditador Fulgencio Batista, a 1 de Janeiro de 1959.
Episódio após episódio, desenha?se um cenário movimentado e realista, frequentemente dramático, da experiência da guerrilha cubana e do processo através do qual o exército revolucionário conseguiu alcançar uma vitória improvável.
De uma perspectiva individual, a fluência expressiva de Che Guevara – certamente resultado de uma formação cultural muito acima dos padrões médios da época – contribui para desvendar os traços da sua personalidade. Assim, os relatos dão a conhecer uma parte central da sua história de vida, desde que era ainda um médico argentino, empenhado mas inexperiente, até assumir maior protagonismo político e militar e se tornar no mais célebre revolucionário do mundo.
Sendo um registo individual e mantendo?se fiel ao princípio de descrever apenas os episódios em que participou directamente, os Relatos da Revolução Cubana são um documento de inquestionável valor histórico.

7,00 

informação do livro

Título: Che o Argentino
Autor: Ernesto Che Guevara
Edição: Tinta da China
Ano: 2009
Páginas: 350
Encadernação: Mole
Capa: Vera Tavares
Tradução: João Pedro George
Título Original: Pasajes de la Guerra Revolucionaria
Depósito Legal: 289268/09
ISBN: 978-972-8955-67-0

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

As memórias de Che Guevara que constituem esta edição abarcam os dois anos que durou a epopeia da Sierra Maestra, desde o desembarque do iate Granma, no dia 2 de Dezembro de 1956, até à queda do ditador Fulgencio Batista, a 1 de Janeiro de 1959.
Episódio após episódio, desenha?se um cenário movimentado e realista, frequentemente dramático, da experiência da guerrilha cubana e do processo através do qual o exército revolucionário conseguiu alcançar uma vitória improvável.
De uma perspectiva individual, a fluência expressiva de Che Guevara – certamente resultado de uma formação cultural muito acima dos padrões médios da época – contribui para desvendar os traços da sua personalidade. Assim, os relatos dão a conhecer uma parte central da sua história de vida, desde que era ainda um médico argentino, empenhado mas inexperiente, até assumir maior protagonismo político e militar e se tornar no mais célebre revolucionário do mundo.
Sendo um registo individual e mantendo?se fiel ao princípio de descrever apenas os episódios em que participou directamente, os Relatos da Revolução Cubana são um documento de inquestionável valor histórico.

Peso 505 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja