Jogos de Azar

«A lógica de jogo é perfeita como metáfora da escrita, na medida em que o ofício, a capacidade de se usar da melhor maneira as mãos, nem sempre explica a forma como se moldou o barro. Um escritor competente conseguirá produzir uma gura de barro. Aprendeu no que leu, aprendeu no que errou. Aí está a gura. Mas um escritor verdadeiramente grande consegue insuflar nessa gura mais do que o barro de que ela é feita. Substitui-se um pouco a Deus como entidade criadora.» [Do Prefácio de Afonso Reis Cabral]

6,00 

6,00 

informação do livro

Título: Jogos de Azar
Autor: José Cardoso Pires
Edição: Ulisseia
Ano: 1966
Páginas: 246
Encadernação: Dura

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

«A lógica de jogo é perfeita como metáfora da escrita, na medida em que o ofício, a capacidade de se usar da melhor maneira as mãos, nem sempre explica a forma como se moldou o barro. Um escritor competente conseguirá produzir uma gura de barro. Aprendeu no que leu, aprendeu no que errou. Aí está a gura. Mas um escritor verdadeiramente grande consegue insuflar nessa gura mais do que o barro de que ela é feita. Substitui-se um pouco a Deus como entidade criadora.» [Do Prefácio de Afonso Reis Cabral]

Peso 275 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja