Virtudes de algumas plantas da Ilha de Timor

Esta obra fac-similada, reeditada pela Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), é publicada por ocasião do XXVI Encontro da AULP em Díli, Timor-Leste, no ano em que a associação completa 30 anos. Desde 2007 a AULP é responsável pela publicação de um conjunto de obras comemorativas nos seus encontros anuais, contribuindo para o panorama literário e científico nos países onde se fala a língua portuguesa.

O códice “Virtudes de algumas plantas, folhas, frutas, cascas e raízes de diferentes árvores e arbustos da Ilha de Timor” é um documento ímpar para a História Natural de Timor-Leste, com desenhos aguarelados que acompanham a descrição exaustiva das plantas referenciadas e a listagem de remédios que delas podem ser obtidos e que eram usados pelas gentes de Timor. Escrito e desenhado em longas folhas de papel de arroz por Frei Alberto de S. Thomaz, missionário em Timor no ano de 1749, este é um manuscrito de 64 páginas belamente ilustrado que enaltece as qualidades de etnógrafo e de naturalista do autor. Escrito entre 1788 e 1800, encontra-se conservado e guardado no Arquivo Histórico Ultramarino de Portugal.

10,00 

10,00 

informação do livro

Virtudes de algumas plantas, folhas, frutas, cascas e raízes de diferentes árvores e arbustos da Ilha de Timor de Alberto de S. Thomaz. Associação das Universidades de Língua Portuguesa. Lisboa, 2016, 79 págs. Mole.

Alfarrabista


[Fac-similada]

Esta obra fac-similada, reeditada pela Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), é publicada por ocasião do XXVI Encontro da AULP em Díli, Timor-Leste, no ano em que a associação completa 30 anos. Desde 2007 a AULP é responsável pela publicação de um conjunto de obras comemorativas nos seus encontros anuais, contribuindo para o panorama literário e científico nos países onde se fala a língua portuguesa.

O códice “Virtudes de algumas plantas, folhas, frutas, cascas e raízes de diferentes árvores e arbustos da Ilha de Timor” é um documento ímpar para a História Natural de Timor-Leste, com desenhos aguarelados que acompanham a descrição exaustiva das plantas referenciadas e a listagem de remédios que delas podem ser obtidos e que eram usados pelas gentes de Timor. Escrito e desenhado em longas folhas de papel de arroz por Frei Alberto de S. Thomaz, missionário em Timor no ano de 1749, este é um manuscrito de 64 páginas belamente ilustrado que enaltece as qualidades de etnógrafo e de naturalista do autor. Escrito entre 1788 e 1800, encontra-se conservado e guardado no Arquivo Histórico Ultramarino de Portugal.

Peso 200 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja