Virgílio e a Cultura Portuguesa

Num contexto cultural reconhecidamente marcado pela obra de Virgilio, um dos pais do Ocidente (como significativa mente lhe chamou Theodor Haecker), não seria possível passar em silêncio a ocorrência do bimilenário da sua morte. Mas, ao tomarem a iniciativa de tal comemoração, Centro de Estudos Clássicos da Universidade Clássica de Lisboa e o Departamento de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa tinham consciência de que ela não podia nem devia constituir um acto privado de quem procura desobrigar-se de um rito familiar ou satisfazer um ditame de consciência, mas devia dar azo a uma participação festiva alargada, para a qual convergissem as ressonâncias virgilianas da cultura portuguesa.

10,00 

10,00 

informação do livro

Virgílio e a Cultura Portuguesa de Maria Helena de Teves Costa Ureña Prieto. Imprensa Nacional – Casa da Moeda. Lisboa, 1985, 298 págs. Brochado.

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Num contexto cultural reconhecidamente marcado pela obra de Virgilio, um dos pais do Ocidente (como significativa mente lhe chamou Theodor Haecker), não seria possível passar em silêncio a ocorrência do bimilenário da sua morte. Mas, ao tomarem a iniciativa de tal comemoração, Centro de Estudos Clássicos da Universidade Clássica de Lisboa e o Departamento de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa tinham consciência de que ela não podia nem devia constituir um acto privado de quem procura desobrigar-se de um rito familiar ou satisfazer um ditame de consciência, mas devia dar azo a uma participação festiva alargada, para a qual convergissem as ressonâncias virgilianas da cultura portuguesa.

Peso 440 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja