Vinte Horas de Liteira

«Minúcias. Fome e sede de saber para quem se deita a averiguar, mesmo só ao de leve, como foi, porque foi, quem foi Camilo. É como uma braçada de cerejas puxamos uma e vêm muitas em cadeia. Com Camilo, é assim: relêem-se uns romances, descobrem-se umas cartas, e eis que de repente ele não é apenas o clássico.» – in Prefácio de Hélia Correia

Em Vinte Horas de Liteira, Camilo Castelo Branco desenvolve uma reflexão em regime dialógico, acerca da literatura, da narrativa e de diversos aspetos da sua composição. É em viagem com o amigo António Joaquim, durante vinte horas balanceadas numa liteira, que o romancista ouve histórias e responde com comentários e com o testemunho da sua experiência literária.

5,00 

5,00 

informação do livro

Título: Vinte Horas de Liteira
Autor: Camilo Castelo Branco
Edição: Ulmeiro
Colecção | Nº: Clássicos da Língua Portuguesa | 7
Ano: 1997
Páginas: 220
Encadernação: Mole
Depósito Legal: 107039/97
ISBN: 972-706-020-X

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Em Vinte Horas de Liteira, Camilo Castelo Branco desenvolve uma reflexão em regime dialógico, acerca da literatura, da narrativa e de diversos aspetos da sua composição. É em viagem com o amigo António Joaquim, durante vinte horas balanceadas numa liteira, que o romancista ouve histórias e responde com comentários e com o testemunho da sua experiência literária.

Peso 285 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja