Variações Sobre o Teatro de Camões

Luiz Francisco Rebello

7,00 

Título: Variações Sobre o Teatro de Camões
Autor: Luiz Francisco Rebello
Edição: Caminho
Ano: 1980
Páginas: 127
Encadernação: Mole
Capa: José Araújo

SOBRE
A QUATRO SÉCULOS DA SUA MORTE, CAMÕES CONTINUA A SER, COMO EM VIDA POETA INCÓMODO O FOI UM SOBRETUDO PARA AQUELES QUE «AMAM SOMENTE MANDOS E RIQUEZA SIMULANDO JUSTIÇA E INTEGRIDADE E NA PRÁTICA VIVEM DE DESPIR E ROUBAR O POBRE POVO». O SEU TEATRO, EMBORA POSSA CONSIDERAR-SE APENAS UM AFLUENTE DA SUA OBRA LÍRICA, E ESTA POR SUA VEZ UM RIO CAUDALOSO QUE VAI DESAGUAR NO VASTO OCEANO QUE SÃO OS LUSÍADAS, TEM SIDO POR ISSO MESMO ESQUECIDO OU SUBALTERNIZADO.
SITUAÇÃO INJUSTA QUE ESTE LIVRO SE PROPÕE REVER.


SOBRE O AUTOR

Luiz Francisco Rebello (1924-2011). Dramaturgo, advogado, crítico teatral e ensaísta.
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa em 1946, exerce advocacia. É desde 1973 presidente da Sociedade Portuguesa de Autores. Luís Francisco Rebello distingue-se principalmente pelo seu vasto e importante contributo enquanto crítico e historiador do teatro português. Foi um dos fundadores em 1946 do Teatro Estúdio do Salitre, do qual foi director e um dos principais animadores. Como dramaturgo, estreou-se com a peça O Mundo Começou às 5 e 47 (1947). Como crítico teatral, tem colaboração dispersa por vários jornais e revistas. Participou ainda em obras colectivas como Enciclopedia dello Spettacolo (Roma, 1954-66), Theater Geschichte Europa (Salzburg, 1974), El Teatro Actual (Madrid, 1978), entre outras. Da sua bibliografia destacam-se as obras:  Teatro Português, do Romantismo aos Nossos Dias (1960); Cartas sobre a Revolução Portuguesa (1976), Teatro de Intervenção (1978).


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar