Tempo de Vésperas

Adriano Moreira

Indisponível

Título: Tempo de Vésperas
Autor: Adriano Moreira
Edição: Sociedade de Expansão Cultural
Ano: 1971
Páginas: 192
Encadernação: Mole

 

SOBRE
Já não há dicionário que valha para acudir à perplexidade a que o mundo foi conduzido pelo abuso das palavras. É certamente um dos factos mais salientes em que os jovens se baseiam para acusar as gerações mais velhas de falta de autenticidade. A realidade foi muitas vezes descrita com palavras de sentido equívoco ou grandemente distorcido. Chamou-se aos factos aquilo que não eram, sem reparar que de tal modo se reconhecia imediatamente que as circunstâncias não eram o que devia ser. Os poetas tiveram mais do que nunca razão para ensinar que por dentro das coisas é que as coisas são.


SOBRE O AUTOR

Adriano MoreiraJurista, político e professor universitário português nascido em 1922. Assumindo cargos públicos desde jovem, tendo sido figura destacada do Estado Novo no âmbito da política colonial: foi ministro do Ultramar, fundou e dirigiu institutos de estudos africanos, presidiu à Sociedade de Geografia de Lisboa, entre outros cargos. Depois do 25 de Abril, tornou-se uma das personalidades de referência do Centro Democrático Social (CDS) e parlamentar respeitado. Escreveu várias obras, entre as quais um compêndio de Ciência Política (1983). Retirou-se da vida política em 1995 recebendo homenagens de várias formações. Desde essa altura, Adriano Moreira continua a dedicar-se ao ensino, à investigação e a escrever sobre a conjuntura portuguesa, política, relações internacionais e direito.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar