Tempo de Solstícios

Nunca o Sol se demora tanto entre nós, como no Solsticio de Verão. Nunca o perigo do seu exangue desaparecimento é tão imediato como no Solsticio de Inverno. Ambos marcam como que uma suspensão de tempo e da ordem, reflectindo-se nas regras e nos valores.

6,00 

6,00 

informação do livro

Tempo de Solstícios de Aurélio Lopes. O Mirante. Santarém, 1998, 302 págs. Brochado.

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Nunca o Sol se demora tanto entre nós, como no Solsticio de Verão. Nunca o perigo do seu exangue desaparecimento é tão imediato como no Solsticio de Inverno. Ambos marcam como que uma suspensão de tempo e da ordem, reflectindo-se nas regras e nos valores.

Peso 450 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja