Sorriso do Lagarto

É bem possível que, depois Jorge Amado, João Ubaldo Ribeiro seja actualmente o escritor brasileiro vivo com maior renome no seu país e no estrangeiro. Traduzido nos Estados Unidos e em bastantes países da Europa, com edições de muitos milhares de exemplares, João Ubaldo Ribeiro merece sem dúvida esta consagração. “Sargento Getúlio” e “Viva o Povo Brasileiro” foram os seus grandes êxitos, que logo assinalaram a presença exuberante de um grande escritor. Agora em “O Sorriso do Lagarto”, que despertou enorme interesse no Brasil, ele dá-nos um livro cuja inquietação vai emergindo da camada brilhante com que a história, à primeira vista, ofusca (e seduz) o leitor e dele se vai apoderando. E as questões com que o romance lida eximiamente, e que podem ser tão graves como as das interferências do poder político e económico na evolução das espécies, ou as de saber o que significa a palavra «realmente» (será que o lagarto ri, realmente?) fazem parte integrante da própria trama e tornam a sua leitura particularmente rica e aliciante.

6,00 

6,00 

informação do livro

Sorriso do Lagarto de João Ubaldo Ribeiro. Editorial Caminho. 1992. 364 págs. Brochado.

Alfarrabista

 

[Assinatura de posse]

É bem possível que, depois Jorge Amado, João Ubaldo Ribeiro seja actualmente o escritor brasileiro vivo com maior renome no seu país e no estrangeiro. Traduzido nos Estados Unidos e em bastantes países da Europa, com edições de muitos milhares de exemplares, João Ubaldo Ribeiro merece sem dúvida esta consagração. “Sargento Getúlio” e “Viva o Povo Brasileiro” foram os seus grandes êxitos, que logo assinalaram a presença exuberante de um grande escritor. Agora em “O Sorriso do Lagarto”, que despertou enorme interesse no Brasil, ele dá-nos um livro cuja inquietação vai emergindo da camada brilhante com que a história, à primeira vista, ofusca (e seduz) o leitor e dele se vai apoderando. E as questões com que o romance lida eximiamente, e que podem ser tão graves como as das interferências do poder político e económico na evolução das espécies, ou as de saber o que significa a palavra «realmente» (será que o lagarto ri, realmente?) fazem parte integrante da própria trama e tornam a sua leitura particularmente rica e aliciante.

Peso 450 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja