Príncipe do Mar

«Em 1441, partem dois navios, um comandado por Nuno Tristão, o outro sob as ordens de Antão Gonçalves, guarda-roupa de D. Henrique. A ordem continua a ser a mesma: irem o mais além que puderem.»

Príncipe do Mar de Adolfo Simões Muller

O Príncipe do Mar (que têm agora nas vossa mãos), eu aprendi a ter orgulho do povo a que pertenço – que se meteu à aventura sobre águas desconhecidas, rumo a terras desconhecidas, ouvindo as vozes de então garantir que a linha do horizonte era o fim do mundo, e que para lá do fim do mundo havia só dragões. Mas o infante D. Henrique sabia que nada disso era verdade, que havia muitas terras para lá daquela linha que a nossa vista alcançava, e descobri-las foi o sonho e o trabalho de toda a sua vida.» Alice Vieira

6,00 

informação do livro

Título: Príncipe do Mar
Autor: Adolfo Simões Muller
Edição: Livraria Tavares Martins
Colecção | Nº: Gente Grande para Gente Pequena | 9
Ano: 1959
Páginas: 256
Encadernação: Mole

Alfarrabista

 

Assinatura de posse.

O Príncipe do Mar (que têm agora nas vossa mãos), eu aprendi a ter orgulho do povo a que pertenço – que se meteu à aventura sobre águas desconhecidas, rumo a terras desconhecidas, ouvindo as vozes de então garantir que a linha do horizonte era o fim do mundo, e que para lá do fim do mundo havia só dragões. Mas o infante D. Henrique sabia que nada disso era verdade, que havia muitas terras para lá daquela linha que a nossa vista alcançava, e descobri-las foi o sonho e o trabalho de toda a sua vida.» Alice Vieira

Peso 305 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja