Pompeia: O Dia-A-Dia na Mítica Cidade Romana

«Mary Beard, uma das grandes especialistas no estudo de Roma Antiga, conta-nos uma nova história de Pompeia, longe das lendas e mitos que foram sendo criados. Num texto fascinante, onde não faltam imangens e mapasa historiadora recria o quotidiano dos habitantes de Pompeia, das suas profissões, leva-nos a visitar os banhos, os seus vários bordéis, a conhecer o teatro, os jogos eas diversõe e apresenta-nos personagens fascinantes como a sacerdotisa Eumáquia, Público Casca, um dos assassinos de César, os gladiadores…»

Pompeia: O Dia-A-Dia na Mítica Cidade Romana de Mary Beard

Às primeiras horas do dia 25 de Agosto de 79, a chuva de pedra-pomes que caía sobre Pompeia parecia abrandar, fazendo com que muitos habitantes saíssem de casa em busca de um abrigo seguro. Em vão, a erupção do Vesúvio não dava tréguas e os habitantes da pequena cidade no Sul de Itália encontraram a morte nas ruas da cidade que ficou coberta de cinzas, ficando oculta durante cerca de 1600 anos até ser redescoberta no século XVIII. As várias escavações em Pompeia permitiram recriar o dia-a-dia desta cidade da Roma Antiga. As cinzas e a lama moldaram os corpos das vítimas permitindo que fossem encontradas no modo exacto como conheceram a morte, muitas delas com objectos que permitem contar a sua história. Num texto fascinante, onde não faltam imagens e mapas, a historiadora recria o quotidiano dos habitantes de Pompeia, das suas profissões, leva-nos a visitar os banhos, os seus vários bordéis, a conhecer o teatro, os jogos e diversões e apresenta-nos personagens fascinantes como a sacerdotisa Eumáquia, Públio Casca, um dos assassinos de César, os gladiadores…

INDISPONÍVEL

Categoria Autor

informação do livro

Pompeia: O Dia-A-Dia na Mítica Cidade Romana de Mary Beard. Esfera dos Livros. Lisboa, 2010, 447 págs. Encadernado. Sobrecapa. Ilustrado.

Alfarrabista

Sem apontamentos

Às primeiras horas do dia 25 de Agosto de 79, a chuva de pedra-pomes que caía sobre Pompeia parecia abrandar, fazendo com que muitos habitantes saíssem de casa em busca de um abrigo seguro. Em vão, a erupção do Vesúvio não dava tréguas e os habitantes da pequena cidade no Sul de Itália encontraram a morte nas ruas da cidade que ficou coberta de cinzas, ficando oculta durante cerca de 1600 anos até ser redescoberta no século XVIII. As várias escavações em Pompeia permitiram recriar o dia-a-dia desta cidade da Roma Antiga. As cinzas e a lama moldaram os corpos das vítimas permitindo que fossem encontradas no modo exacto como conheceram a morte, muitas delas com objectos que permitem contar a sua história. Num texto fascinante, onde não faltam imagens e mapas, a historiadora recria o quotidiano dos habitantes de Pompeia, das suas profissões, leva-nos a visitar os banhos, os seus vários bordéis, a conhecer o teatro, os jogos e diversões e apresenta-nos personagens fascinantes como a sacerdotisa Eumáquia, Públio Casca, um dos assassinos de César, os gladiadores…

Peso 860 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja