Pomar – Desenhos para a Estação do Alto dos Moinhos

A estação do Metro do Alto dos Moinhos marca mais uma das várias vida e obra do grande pintor português que é Julio Pomar. Após um estudo etapas na prolongado durante o qual o autor concebeu cerca de 500 desenhos a tinta da china sobre papel vegetal, foram escolhidos, por ele próprio, cerca de 300, que decoram, animam e realçam um local, em princípio pouco atractivo, como o é uma estação de comboios urbanos, cujo objectivo é servir de transporte rápido aos milhares de utentes que escolhem esta via para o seu quotidiano.

Pomar optou pela alegria escolhendo temas da nossa cultura como Almada, Bocage, Camões e Pessoa. Povoou as figuras de símbolos, espalhados com sensibilidade, humor e leveza. Basta dizer que todos os desenhos contam uma história muito pessoal, de grande intensidade psicológica, vinda do imaginário do artista.

60,00 

60,00 

informação do livro

Pomar – Desenhos para a Estação do Alto dos Moinhos de Margarida Botelho [Coord.]. Metropolitano de Lisboa. Lisboa, 1993, 111 págs. Dura.

A estação do Metro do Alto dos Moinhos marca mais uma das várias vida e obra do grande pintor português que é Julio Pomar. Após um estudo etapas na prolongado durante o qual o autor concebeu cerca de 500 desenhos a tinta da china sobre papel vegetal, foram escolhidos, por ele próprio, cerca de 300, que decoram, animam e realçam um local, em princípio pouco atractivo, como o é uma estação de comboios urbanos, cujo objectivo é servir de transporte rápido aos milhares de utentes que escolhem esta via para o seu quotidiano.

Pomar optou pela alegria escolhendo temas da nossa cultura como Almada, Bocage, Camões e Pessoa. Povoou as figuras de símbolos, espalhados com sensibilidade, humor e leveza. Basta dizer que todos os desenhos contam uma história muito pessoal, de grande intensidade psicológica, vinda do imaginário do artista.

Peso 2100 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja
    × How can I help you?