Poemas

Poemas de Mao Tse-Tung

A primeira questão que, decerto, se apresenta ao leitor é se Mao Tse-tung será realmente, um grande poeta. O facto de se tratar do dirigente político de uma das nações mais importantes do mundo, de comandar ideològicamente vastos sectores políticos e filosóficos do nosso tempo, e de, no seu país, ser objecto de uma veneração inconcebível aos nossos olhos de ocidentais sofisticados – não pode deixar de colocar dúvidas no leitor que não esteja devidamente apetrechado com os conhecimentos de língua e de poética chinesas para julgar por si.

INDISPONÍVEL

informação do livro

Título: Poemas
Autor: Mao Tse-Tung
Edição: Futura
Ano: 1974
Páginas: 136
Encadernação: Mole
Tradução: Manuel de Seabra

A primeira questão que, decerto, se apresenta ao leitor é se Mao Tse-tung será realmente, um grande poeta. O facto de se tratar do dirigente político de uma das nações mais importantes do mundo, de comandar ideològicamente vastos sectores políticos e filosóficos do nosso tempo, e de, no seu país, ser objecto de uma veneração inconcebível aos nossos olhos de ocidentais sofisticados – não pode deixar de colocar dúvidas no leitor que não esteja devidamente apetrechado com os conhecimentos de língua e de poética chinesas para julgar por si.

Peso 205 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja