Património da Humanidade Monumentos e Sítios

Em 1972, a Conferência Geral da UNESCO, Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, aprovou a Convenção para a Protecção do Património Mundial Cultural e Natural. Em 1979, Portugal ratificou a Convenção e em 1983 alguns dos seu monumentos e o centro histórico de Angra do Heroísmo passaram a integrar a criteriosa lista do Património Mundial. Desde 1983 até aos nossos dias nove monumentos e sítios em Portugal, abrangendo mais de 200 séculos de História da humanidade, foram considerados de valor universal excepcional, e por isso dignos de figurar neste restrito catálogo. Este primeiro volume vai percorrer um a um os monumentos isolados, Os Mosteiros de Alcobaça, Batalha e Jerónimos, a Torre de Belém, o Covento de Cristo em Tomar e o caso especial da arte do Vale do Côa. O segundo volume, a sair brevemente, retratará os sítios. João Paulo Sacadura, autor de um texto bem fundamentado, elegante e claro, convida o leitor a conhecer melhor algumas obras que nos honram aos olhos do Mundo, sempre ilustradas por magníficas fotografias de Rui Cunha, que quase fixam o espírito do lugar. Com prefácio de Diogo Pires Aurélio, Comissário Geral da UNESCO em Portugal.

25,00 

informação do livro

Património da Humanidade Monumentos e Sítios de João Paulo Sacadura. Editorial Verbo. Lisboa, 1999, 2 vols. Dura.

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Em 1972, a Conferência Geral da UNESCO, Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, aprovou a Convenção para a Protecção do Património Mundial Cultural e Natural. Em 1979, Portugal ratificou a Convenção e em 1983 alguns dos seu monumentos e o centro histórico de Angra do Heroísmo passaram a integrar a criteriosa lista do Património Mundial. Desde 1983 até aos nossos dias nove monumentos e sítios em Portugal, abrangendo mais de 200 séculos de História da humanidade, foram considerados de valor universal excepcional, e por isso dignos de figurar neste restrito catálogo. Este primeiro volume vai percorrer um a um os monumentos isolados, Os Mosteiros de Alcobaça, Batalha e Jerónimos, a Torre de Belém, o Covento de Cristo em Tomar e o caso especial da arte do Vale do Côa. O segundo volume, a sair brevemente, retratará os sítios. João Paulo Sacadura, autor de um texto bem fundamentado, elegante e claro, convida o leitor a conhecer melhor algumas obras que nos honram aos olhos do Mundo, sempre ilustradas por magníficas fotografias de Rui Cunha, que quase fixam o espírito do lugar. Com prefácio de Diogo Pires Aurélio, Comissário Geral da UNESCO em Portugal.

Peso 2850 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja