Othello

William Shakespeare

5,00 

Título: Othello
Autor: William Shakespeare
Edição: The Arden Shakespeare
Ano: 1997
Páginas: 409
Encadernação: Mole
ISBN: 0-17-443464-2

SINOPSE

In a period of ten years, Shakespeare wrote a series of tragedies that established him, by universal consent, in the front rank of the world’s dramatists. Critics have praised either Hamlet or King Lear as the greatest of these; Ernst Honigmann, in the most significant edition of the play for a generation, asks: why not Othello? The third of the mature tragedies, it contains, as Honigmann persuasively demonstrates, perhaps the best plot, two of Shakespeare’s most original characters, the most powerful scene in any of the plays and poetry second to none. Honigmann’s cogent and closely argued introduction outlines the reasons both for a reluctance to recognize the greatness of Othello and for the case against the play.This edition sheds new light on the text of the play as we have come to know it, and on our knowledge of its early history. Honigmann examines the major critical issues, the play in performance and the relationship between reading it and seeing it. He also explores topics such as its date, sources and the conundrum of ‘double time’.’Honigmann’s extensive knowledge illuminates this play at every turn, making this the best edition of Othello now available.’ Brian Vickers, Review of English Studies


SOBRE O AUTOR

William ShakespearePoeta e dramaturgo inglês nascido em 1564, em Stratford-Upon-Avon, e falecido em 1616. O seu aniversário é comemorado a 23 de abril e sabe-se que foi batizado a 26 de abril de 1564. Stratford-Upon-Avon era então uma próspera cidade mercantil, uma das mais importantes do condado de Warwickshire. Shakespeare frequentou o liceu de Stratford, onde os filhos dos comerciantes da região aprendiam Grego e Latim e recebiam uma educação apropriada à classe média a que pertenciam. São conhecidos poucos factos da vida de Shakespeare entre a altura em que deixou o liceu e o seu aparecimento em Londres como ator e dramaturgo por volta de 1599. No inverno de 1594 integrou a mais importante companhia de teatro isabelina, The Lord Chamberlain’s Men, onde permaneceu até ao final da sua carreira. A companhia deveu à popularidade de Shakespeare o seu lugar privilegiado entre as restantes companhias de teatro até ao encerramento dos teatros pelo Parlamento inglês em 1642.Além de uma coleção de sonetos e de alguns poemas épicos, Shakespeare escreveu exclusivamente para o teatro. As suas 37 peças dividem-se geralmente em três categorias: comédias, dramas históricos e tragédias. Entre os dramas históricos, género que primeiro cultivou, destacam-se Richard III (Ricardo III), Richard II (Ricardo II) e Henry IV (Henrique IV). Entre as suas comédias contam-se Love’s Labour’s Lost, The Comedy of Errors, The Taming of the Shrew, a comédia de intenção séria The Merchant of Venice (O Mercador de Veneza), As You Like It (Como Quiserem) e A Midsummer Night’s Dream (Um Sonho de Uma Noite de verão). A tragédia não é uma forma que pertença exclusivamente a um determinado período na evolução da obra de Shakespeare.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar