Os Sensos Incomuns

Maria Isabel Barreno nasceu em Lisboa, a 10 de julho de 1939. Licenciou-se em Ciências Historico-Filosóficas na Faculdade de Letras de Lisboa. Trabalhou no Instituto Nacional de Investigação Industrial, foi jornalista e Conselheira Cultural para os Assuntos do Ensino na Embaixada portuguesa em Paris. Publicou um total de 24 obras, entre as quais dez romances e quatro livros de contos. Participou também em diversas antologias de contos. Recebeu os prémios Camilo Castelo Branco e do Pen Club para o livro de contos Os sensos incomuns, e o prémio Fernando Namora para o romance Crónica do tempo. A Sextante Editora publicou em 2009 o seu romance mais recente, Vozes do vento.

3,00 

3,00 

informação do livro

Os Sensos Incomuns de Maria Isabel Barreno. Associação de Escritores Portugueses. Lisboa, 2010, 95 págs. Dura.

Alfarrabista


[Plastificado de origem]

Maria Isabel Barreno nasceu em Lisboa, a 10 de julho de 1939. Licenciou-se em Ciências Historico-Filosóficas na Faculdade de Letras de Lisboa. Trabalhou no Instituto Nacional de Investigação Industrial, foi jornalista e Conselheira Cultural para os Assuntos do Ensino na Embaixada portuguesa em Paris. Publicou um total de 24 obras, entre as quais dez romances e quatro livros de contos. Participou também em diversas antologias de contos. Recebeu os prémios Camilo Castelo Branco e do Pen Club para o livro de contos Os sensos incomuns, e o prémio Fernando Namora para o romance Crónica do tempo. A Sextante Editora publicou em 2009 o seu romance mais recente, Vozes do vento.

Peso 190 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja