Crimes da Monarquia

Alexandre Cabral

10,00 

Título: Os Crimes da Monarquia
Autor: Alexandre Cabral
Edição: Seara Nova
Colecção | Nº: A Cultura e a Sociedade Portuguesa | 11
Ano: 1973
Páginas: 150
Encadernação: Mole
Capa: Soares Rocha
Título Completo: Os Crimes da Monarquia – Julgamento realizado em 1891 no Supremo Tribunal de “Justiça” («Jornal Académico Republicano» de Lisboa)

 

 

Categorias: , Etiqueta:

EXCERTO
As peças que constituem o Julgamento de “Os Crimes da Monarquia”, que decorreu no cenário fantasioso do Supremo Tribunal d’A Justiça (de facto, ao que presumimos, numa modesta sala de redacção do «jornal académico repúblicano» que tinha por título “A Justiça”), correspondem aos 14 artigos que sobre o extraordinário Julgamento a folha académica de Lisboa inseriu nas suas colunas de honra de 4 a 21 de Julho de 1891.


SOBRE O AUTOR

Alexandre Cabral (1917-1996). De seu verdadeiro nome José dos Santos Cabral. Ensaísta, Escritor, Jornalista e Tradutor. Foi redactor de uma agência noticiosa. Licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas. Ligado à corrente literária neo-realista, em cuja estética se enquadram naturalmente os seus romances, novelas e contos, acabou por se especializar como grande e profundo conhecedor da obra de Camilo Castelo Branco, a quem dedicou, na anotação, fixação de textos e recolha de vastíssima correspondência e polémicas literárias, dezenas e dezenas de anos de permanente estudo e investigação. Nos seus primeiros romances usou o pseudónimo Z. Larbak. Da sua bibliografia destacam-se as obras: Cinzas da Nossa Alma (1937); Ferreira de Castro: O Seu Drama e a Sua Obra (1940); Memórias de um Resistente (1970); Camilo Castelo Branco: Roteiro Dramático de um Profissional das Letras (1980).


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar