Bombeiros de Paço de Arcos (1893-1993)

Os Bombeiros de Paço de Arcos (1893-1993) de Rogério de Oliveira Gonçalves

No dia 30 de Outubro de 1893, um punhado de Homens Bons, dedicados pioneiros do Voluntarismo e da Solidariedade, fundaram em boa hora a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos.

A completar o seu Centenário, a Associação não envelheceu, porém. Pujante e cheia de dinamismo, ao serviço da Comunidade em que se insere, a experiência e os ensinamentos colhidos ao longo de tão dilatado período têm -lhe permitido atingir plenamente os seus fins – nos termos estatutários, «constituídos pela protecção de vidas, nomeadamente de doentes e feridos, e pela protecção de bens quando estes sejam atingidos por sinistros».

INDISPONÍVEL

informação do livro

Os Bombeiros de Paço de Arcos (1893-1993) de Rogério de Oliveira Gonçalves. Município de Oeiras. Oeiras, 1993, 161 págs.

Alfarrabista


Dedicatória do autor

No dia 30 de Outubro de 1893, um punhado de Homens Bons, dedicados pioneiros do Voluntarismo e da Solidariedade, fundaram em boa hora a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos.

A completar o seu Centenário, a Associação não envelheceu, porém. Pujante e cheia de dinamismo, ao serviço da Comunidade em que se insere, a experiência e os ensinamentos colhidos ao longo de tão dilatado período têm -lhe permitido atingir plenamente os seus fins – nos termos estatutários, «constituídos pela protecção de vidas, nomeadamente de doentes e feridos, e pela protecção de bens quando estes sejam atingidos por sinistros».

Peso 999 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja