Integralismo e a República (2º Vol.)

Carlos Ferrão

5,00 

Título: O Integralismo e a República (2º Vol.)
Autor: Carlos Ferrão
Edição: Inquérito
Ano: s.d.
Páginas: 275
Encadernação: Mole

SOBRE
O segundo volume de «O Integralismo e a República é um libelo e uma exaustoração. Abrange o período que decorreu entre as conferências da Liga Naval (1915) e a aventura restauracionista do Norte e de Monsanto (1919) na qual os integralistas – dirigentes e filiados tiveram importante papel. Passaram-se quatro anos entre esses episódios culminantes da evolução daquele movimento, que neles abandonou a feição doutrinária com que se apresentara, e se lançou na acção política e na agitação revolucionária. Os três capítulos que o compõem são o balanço, objectivo e documentado, da acção dos integralistas, com destaque para a sua intervenção nos movimentos que precederam a revolução de 5 de Dezembro de 1917, para o que fizeram durante o consulado sidonista (1918), o qual teve por epilogo a tentativa restauracionista de Janeiro e Fevereiro de 1919, e para o seu comportamento na fase correspondente à intervenção de Portugal na primeira guerra mundial.


SOBRE O AUTOR

Carlos Ferrão (1878-1979). Jornalista e historiador. Professor na Casa Pia. Destaca-se como cronista da guerra, tendo dirigido a edição de História da Guerra, em 1944. Traduz as memórias de Churchill. Defensor da I República. Diretor de Vida Mundial, revista que nas décadas de sessenta e setenta deste século constitui um marci na imprensa portuguesa, como semanário político e de análise das relações internacionais, onde também se publicam fundamentais arquivos do processo político da I República. Bibliófilo, reúne uma biblioteca de 42 000 volumes. Da  sua bibliografia destacam-se as obras: Assim Estalou a Guerra (1940); Em Defesa da República (1963); O Integralismo e a República (1964-65).

 

 

 


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar