O Eleito

Thomas Mann

Indisponível

Título: O Eleito
Autor: Thomas Mann
Edição: Portugália
Colecção | Nº: Contemporânea | 2
Ano: s.d.
Páginas: 298
Encadernação: Mole
Capa: Paulo Guilherme
Tradução: Maria Osswald
Título Original: Der Wrwaehlte

Categoria: Etiqueta:

SOBRE
O ELEITOm que Francois Horval considerou um fentival de ironia, é uma obra excepcional tanto pelo contado como pela forma, Já em O Doutor Fausto o autor manifestara o proposito de a crever:
Eis a história do Nascimento do Bem-aventurado papa Gregório, nascimento so qual presidiu o pecado e que preludio outras catástrofes. A extraordinária vida do Gregório continua a desenrolar-so nos maus imprevistos lances, inspirados, em suas linhas essenciais, numa epopeia medieval.


SOBRE O AUTOR

Thomas MannPaul Thomas Mann (6 de Junho de 1875 — 12 de Agosto de 1955). Escritor alemão. Nasceu em Lube que, no mar Báltico. Filho de uma família de comerciantes, irmão do também célebre escritor Heinrich Mann, depois de concluídos os estudos liceais e da morte do pai, foi viver com a mãe para Munique e empregou-se por pouco tempo numa companhia de seguros. Escreve a sua primeira obra, Queda, em 1894. Casa-se em 1904 com Katia Pringsheim, Do matrimonio nascem seis filhos. Em 1929, recebe o Prémio Nobel da Literatura pelo seu romance Os Buddenbrook. Em 1933, devido à perseguição dos nacional-socialistas, exila-se na Suiça e três anos depois é-lhe concedida a nacionalidade checa. Parte para os Estados Unidos e leciona na Universidade de Princeton. Em 1955, efectua uma série de conferências na Alemanha e vai residir na Suiça, onde acaba por falecer. Da sua bibliografia destacam-se as obras: Os Buddenbrook (1901). Tristão (1902), Sua Alteza Real (1909), Mor te em Veneza (1912), Tonio Kröger (1914), O Cão e o Dono (1919), Montanha Mágica (1924), José e os Irmãos (1933-43), As Confissões de Felix Krull (1937), Cabeças Trocadas (1940), O Eleito (1951), etc.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar