Moscas Taurinas

Moscas Taurinas de Manuel da Zica

O Bailarino, que estava deitado. levantou-se com ar superior. Agora, já desembolado, com os tremendos chifres encurvados para fora, altivo, deu um longo bramido. Sabia, muito bem, que agora era ele que mandava. Era ele a imagem do poderio, da majestade, da força, da bravura. Ele era o toiro bravo, o que tinha sido seleccionado para as vacas. Seria do sangue dele a continuação da ganadaria. Era ele o responsável pela descendência, pelos pergaminhos do ganadero. Se ele foi o mais bravo, se o júri o escolheu, não seria ele que iria envergonhar a linhagem. A divisa azul, branco e dourado iria, por ele, ser defendida. “As vacas e em força”, seria o seu lema.

7,50 

informação do livro

Título: Moscas Taurinas
Autor: Manuel da Zica
Edição: Garrido Editores
Ano: 2001
Páginas: 209
Encadernação: Mole
Depósito Legal: 167895/01
ISBN: 972-8471-52-1

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

O Bailarino, que estava deitado. levantou-se com ar superior. Agora, já desembolado, com os tremendos chifres encurvados para fora, altivo, deu um longo bramido. Sabia, muito bem, que agora era ele que mandava. Era ele a imagem do poderio, da majestade, da força, da bravura. Ele era o toiro bravo, o que tinha sido seleccionado para as vacas. Seria do sangue dele a continuação da ganadaria. Era ele o responsável pela descendência, pelos pergaminhos do ganadero. Se ele foi o mais bravo, se o júri o escolheu, não seria ele que iria envergonhar a linhagem. A divisa azul, branco e dourado iria, por ele, ser defendida. “As vacas e em força”, seria o seu lema.

Peso 280 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja