Memórias de um Economista

Nunca encontrel uma única pessoa desinteressante. Por mals conformistas, convencionais ou estúpidas que sejam, as pessoas tornam-se fascinantes no momento que falam das coisas que fazem, conhecem ou em que estão interessadas. Cada uma delas transforma-se, então, num Individuo… E são individualidades que, na sua diversidade, se retratam neste livro.

Eesta crença na diversidade, no pluralismo e no carácter único de cada pessoa que marca todos os meus escritos, a começar pelo primeiro livro que escrevi há mais de 50 anos.

Todos os meus livros ou ensaios, quer tratando de política. filosofia ou história: de ordem social ou de instituições sociais; de gestão, tecnologia ou economia, colocam a tónica no pluralismo e na diversidade.

Este é um livro que escrevi para mim. É um livro sobre pessoas. Não é sobre mim, Nenhum dos meus outros livros esteve tanto tempo em gestação; durante 20 anos vivi com as suas personagens na cabeça, comi, bebi, caminhel, falei, acordei e sonhel com elas. Mas nenhum dos meus livros nasceu tão depressa levei menos de um ano a concluí-lo desde que me sentei à frente da máquina de escrever. Não é de certeza o meu livro mais Importante, Mas é aquele de que eu mais gosto.

8,00 

8,00 

informação do livro

Memórias de um Economista: um Homem Entre Dois Mundos de Peter F. Drucker. Difusão Cultural. Lisboa, 1995, 392 págs. Mole.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

Nunca encontrel uma única pessoa desinteressante. Por mals conformistas, convencionais ou estúpidas que sejam, as pessoas tornam-se fascinantes no momento que falam das coisas que fazem, conhecem ou em que estão interessadas. Cada uma delas transforma-se, então, num Individuo… E são individualidades que, na sua diversidade, se retratam neste livro.

Eesta crença na diversidade, no pluralismo e no carácter único de cada pessoa que marca todos os meus escritos, a começar pelo primeiro livro que escrevi há mais de 50 anos.

Todos os meus livros ou ensaios, quer tratando de política. filosofia ou história: de ordem social ou de instituições sociais; de gestão, tecnologia ou economia, colocam a tónica no pluralismo e na diversidade.

Este é um livro que escrevi para mim. É um livro sobre pessoas. Não é sobre mim, Nenhum dos meus outros livros esteve tanto tempo em gestação; durante 20 anos vivi com as suas personagens na cabeça, comi, bebi, caminhel, falei, acordei e sonhel com elas. Mas nenhum dos meus livros nasceu tão depressa levei menos de um ano a concluí-lo desde que me sentei à frente da máquina de escrever. Não é de certeza o meu livro mais Importante, Mas é aquele de que eu mais gosto.

Peso 520 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja