Madame Bovary

Gustave Flaubert

5,00 

Título: Madame Bovary
Autor: Gustave Flaubert
Edição: Ediclube
Ano: s.d.
Encadernação: Dura
Obs.: Plastificado.

SOBRE
«Madame Bovary sou eu», disse uma vez Flaubert, a quem o êxito do seu romance publicado em 1856 acabou por irritar, de tal modo eclipsou os seus outros livros.
Ema Bovary persegue a imagem do mundo que lhe é dada por uma certa literatura desligada da realidade. Arrastada pelas suas ilusões, a mulher do prosaico Carlos Bovary imagina-se uma grande amorosa.
A realidade revela-se impiedosa. E, no entanto, Madame Bovary, na época judicialmente perseguido devido à sua «cor sensual» e à «beleza provocadora de Ema», está longe de ser essa lição de realismo que muitos nele quiseram ver.


SOBRE O AUTOR

Gustave FlaubertGustave Flaubert (12 de dezembro de 1821 – 8 de maio de 1880). Escritor Francês. É considerado o expoente máximo do romance realista frances. Extraordinário prosador, criou uma escrita objetiva e precisa, através de um cuidado extremo na escolha do vocabulário, na construção sintática e na estrutura do enredo. Os seus livros mais conhecidos são Madame de Bovary (1856), romance que provocou enorme escândalo na sua época, Salammbo (1862), A Educação Sentimental (1869), La Tentation de Saint Antoine (1874), Bouvard et Pécuchet (1881) e Três Contos (1877).

 

 


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar