Lust de Elfriede Jelinek

Lust, de Elfried Jelinek, é um romance pornográfico que escandalizou a Alemanha pela ousadia da sua narrativa: um industrial, dono de uma fábrica de papel, temeroso em relação ao sida, usa e satisfaz-se sexualmente com a mulher, como no passado se servia das prostitutas. Perante o olhar pouco tímido do filho, acontecem cenas de terrível violência e obscenidade. Tudo num palco intimo e luxuoso de uma villa.
Haverá lugar neste espaço para a verdadeira expressão dos sentimentos? Maternidade e paternidade são simplesmente rejeitadas. Todos primam pela omissão e a obra termina de modo trágico-irónico.
A Moralidade e respeitabilidade da burguesia desmoronam-se – não apenas por um voyeurisme permitido, mas sobretudo por uma linguagem acutilante cheia de ironia e por um estilo original.

4,00 

informação do livro

Lust de Elfriede Jelinek. Editorial Estampa. Lisboa, 2005, 245 págs. Mole.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

Lust, de Elfried Jelinek, é um romance pornográfico que escandalizou a Alemanha pela ousadia da sua narrativa: um industrial, dono de uma fábrica de papel, temeroso em relação ao sida, usa e satisfaz-se sexualmente com a mulher, como no passado se servia das prostitutas. Perante o olhar pouco tímido do filho, acontecem cenas de terrível violência e obscenidade. Tudo num palco intimo e luxuoso de uma villa.
Haverá lugar neste espaço para a verdadeira expressão dos sentimentos? Maternidade e paternidade são simplesmente rejeitadas. Todos primam pela omissão e a obra termina de modo trágico-irónico.
A Moralidade e respeitabilidade da burguesia desmoronam-se – não apenas por um voyeurisme permitido, mas sobretudo por uma linguagem acutilante cheia de ironia e por um estilo original.

Peso 295 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja