Kennedy e Salazar

«Esta investigação de José Freire Antunes sobre a crise ultramarina de 1961 passa a ser indispensável para a história da África ex-portuguesa e em particular para o estudo da nossa sempre tão intensa e problemática rela- ção com Angola» – José Manuel Durão Barroso

1961 foi o ano mais difícil da história contemporânea das relações entre Portugal e os Estados Unidos.
Salazar, a caminho dos 73 anos, era como uma velha raposa, segura no seu covil, enfrentando as ameaças com inexcedível argúcia. Kennedy, aos 43 anos, chegara à Casa Branca como um jovem leão, majestático nas características de poder e carisma com que captou a imaginação universal.
José Freire Antunes tem a arte de nos conduzir minuciosamente pelos labirintos desconhecidos das relações entre os dois aliados na NATO e revela-nos os grandes segredos do dramático conflito entre as políticas de Kennedy e Salazar. O resultado é uma obra profunda, uma investigação notável, uma escrita fascinante.

7,00 

7,00 

informação do livro

Kennedy e Salazar de José Freire Antunes. Difusão Cultural. Lisboa, 1991, 383 págs. Brochado.

1961 foi o ano mais difícil da história contemporânea das relações entre Portugal e os Estados Unidos.
Salazar, a caminho dos 73 anos, era como uma velha raposa, segura no seu covil, enfrentando as ameaças com inexcedível argúcia. Kennedy, aos 43 anos, chegara à Casa Branca como um jovem leão, majestático nas características de poder e carisma com que captou a imaginação universal.
José Freire Antunes tem a arte de nos conduzir minuciosamente pelos labirintos desconhecidos das relações entre os dois aliados na NATO e revela-nos os grandes segredos do dramático conflito entre as políticas de Kennedy e Salazar. O resultado é uma obra profunda, uma investigação notável, uma escrita fascinante.

Peso 600 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja