José Gomes Ferreira Fotobiografia

José Gomes Ferreira Fotobiografia de Raúl Hestnes Ferreira

O «poeta militante» José Gomes Ferreira nasceu no ano de 1900, na cidade do Porto. Licenciou-se em Direito pela Universidade de Lisboa em 1924 e no ano seguinte rumava como cônsul à Noruega, país onde permaneceu até 1929. Regressado a Portugal, dedicou-se à escrita. Apesar de já ter publicado dois livros de poemas em 1918 e 1921 – “Lírios do Monte” e “Longe” -, livros que, aliás, foram esquecidos e retirados da sua bibliografia, só em 1931 se encontra verdadeiramente como poeta. Nesse ano, é publicado na revista Presença um poema seu, hoje dos mais conhecidos, “Viver também cansa”. Dezassete anos depois, isto é, em 1948, sai o primeiro volume de Poesia, a que se seguiram outros, até ao sexto volume em 1975. Posteriormente estes seis volumes vieram a incorporar, juntamente com as colectâneas “Viagem do Outro Lado” e “Circunstanciais” a obra “Poeta Militante” (3 volumes). Militante significava para Gomes Ferreira ser «militante da poesia total». No subtítulo da obra – “imagens do Século Vinte em Mim” – outra pista é-nos deixada: o interesse do poeta pelo real, pelo quotidiano, o seu interesse em revelar uma experiência pessoal, logo, subjectiva.

10,00 

informação do livro

José Gomes Ferreira Fotobiografia de Raúl Hestnes Ferreira. Publicações Dom Quixote. Lisboa, 2001, 193 págs. Dura. Sobrecapa. Il.

Sem apontamentos.

O «poeta militante» José Gomes Ferreira nasceu no ano de 1900, na cidade do Porto. Licenciou-se em Direito pela Universidade de Lisboa em 1924 e no ano seguinte rumava como cônsul à Noruega, país onde permaneceu até 1929. Regressado a Portugal, dedicou-se à escrita. Apesar de já ter publicado dois livros de poemas em 1918 e 1921 – “Lírios do Monte” e “Longe” -, livros que, aliás, foram esquecidos e retirados da sua bibliografia, só em 1931 se encontra verdadeiramente como poeta. Nesse ano, é publicado na revista Presença um poema seu, hoje dos mais conhecidos, “Viver também cansa”. Dezassete anos depois, isto é, em 1948, sai o primeiro volume de Poesia, a que se seguiram outros, até ao sexto volume em 1975. Posteriormente estes seis volumes vieram a incorporar, juntamente com as colectâneas “Viagem do Outro Lado” e “Circunstanciais” a obra “Poeta Militante” (3 volumes). Militante significava para Gomes Ferreira ser «militante da poesia total». No subtítulo da obra – “imagens do Século Vinte em Mim” – outra pista é-nos deixada: o interesse do poeta pelo real, pelo quotidiano, o seu interesse em revelar uma experiência pessoal, logo, subjectiva.

Peso 1450 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja