Hora di Bai

Nesta sua obra, aos temas recorrentes na literatura de Cabo Verde a fome e a migração (ou emigração), Manuel Ferreira acrescenta um terceiro a música. «Por ali andava já um cheiro de baía. Um cheiro de óleo, de maresia, de carvão. E esta sensação a enrolava no mundo de mornas matulagens farras de amor. O desembarque criava-lhe sempre uma expectativa de renovada fascinação. De cada vez que isso lhe acontecia reconsiliava-se com um passado de origem.»

6,00 

6,00 

informação do livro

Hora di Bai de Manuel Ferreira. Plátano Editora. Lisboa, 1982, 198 págs. Mole. 4ª Edição.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

Nesta sua obra, aos temas recorrentes na literatura de Cabo Verde a fome e a migração (ou emigração), Manuel Ferreira acrescenta um terceiro a música. «Por ali andava já um cheiro de baía. Um cheiro de óleo, de maresia, de carvão. E esta sensação a enrolava no mundo de mornas matulagens farras de amor. O desembarque criava-lhe sempre uma expectativa de renovada fascinação. De cada vez que isso lhe acontecia reconsiliava-se com um passado de origem.»

Peso 275 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja