Herculano e Santarém

Virgílio Arruda

Indisponível

Título: Herculano e Santarém
Autor: Virgílio Arruda
Edição: Academia Portuguesa de História
Ano: 1976
Páginas: 20
Encadernação: Mole
Obs.: Com dedicatória do autor. Separata de “A Historiografia de Herculano a 1950”.

Categoria: Etiqueta:

SOBRE
Foi a 6 e 7 de Junho, -corria o ano de 1853,- que o historiador passou por Santarém. Dela deixou as suas impressões naqueles Aponttamentos de Viagem que o Prof. Vitorino Nemésio apensou às Scenas dum Ano da Minha Vida, rubrica global da obra que nos desvenda as surpresas herculânicas dessa visita emocional. Esta não era, no entanto, a primeira. Já lá estivera seis anos antes. Iria ter a Vale de Lobos seis anos depois. Trata-se dum diário, canhenho de bolso, em que, segundo o coordenador «se sente correr o texto dia a dia, com registo de horas, pessoas e peripécias»>. Nesse diário, «fresco, vivo, conciso»,- da exploração dos arquivos do reino, empreendida nesse ano e no seguinte pelo investigador, «a prosa deriva ao sabor do que se vai vendo e ouvindo, estritamente impressiva, por vezes sem urdume sintáctico».


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar