Guerra pela Independência

São cerca das cinco da tarde do dia 14 de Agosto de 1385. A vanguarda da cavalaria do exércio de Juan I, rei de Castela, acaba de se pôr em movimento. Percorrerá alguns metros a trote, antes de se lançar decididamente a galope, com as lanças bem seguras, apertadas contra o corpo sob a axila do braço direito. A poucas centenas de metros, a hoste portuguesa e inglesa aguarda o embate, em formação cerrada, todos de pé. Vezes sem conta o desfecho deste ataque inicial determina o resultado da batalha. E, neste caso, o resultado da batalha decidirá se os reinos de Castela e de Portugal serão reunidos, nas pessoas de Juan I e de sua mulher Beatriz, ou se Portugal continuará a ser um reino independente, sob o rei D. João I, designado poucos meses antes nas cortes de Coimbra.

Indisponível

Esgotado

Indisponível

Esgotado

informação do livro

Guerra pela Independência de Luís Miguel Duarte. Academia Portuguesa de História. Lisboa, 2006, 135. Dura.

São cerca das cinco da tarde do dia 14 de Agosto de 1385. A vanguarda da cavalaria do exércio de Juan I, rei de Castela, acaba de se pôr em movimento. Percorrerá alguns metros a trote, antes de se lançar decididamente a galope, com as lanças bem seguras, apertadas contra o corpo sob a axila do braço direito. A poucas centenas de metros, a hoste portuguesa e inglesa aguarda o embate, em formação cerrada, todos de pé. Vezes sem conta o desfecho deste ataque inicial determina o resultado da batalha. E, neste caso, o resultado da batalha decidirá se os reinos de Castela e de Portugal serão reunidos, nas pessoas de Juan I e de sua mulher Beatriz, ou se Portugal continuará a ser um reino independente, sob o rei D. João I, designado poucos meses antes nas cortes de Coimbra.

Peso 600 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja