Fumos da Índia

«Goa fugira-lhe das mãos, como pela de oiro liso em que seus dedos não encontrassem presa. Há mais de um mês que a dura monção o encurralava no rio, defronte de Pangim, que o lapidava de brasas, sentindo o rumor longínquo da sonhada metrópole, entrevendo na neblina oriental as irradiações da joia do Balagate»

Henrique Lopes de Mendonça nasceu a 12 de fevereiro de 1856 e faleceu a 24 de agosto de 1931, foi oficial da Marinha, militar, escritor, dramaturgo, poeta, arqueólogo e patriota que dignificou a Armada e honrou o País. Realizou diversas comissões e projetos ao serviço da Marinha, mas também contribuiu, em larga escala, para o desenvolvimento cultural e científico a nível nacional com a produção de inúmeras obras ao longo da sua vida. A presente dissertação visa estudar e analisar os acontecimentos e polémicas presentes nas comemorações do IV Centenário do Descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia no qual o biografado participou e teve um grande envolvimento. Nesta dissertação procedeu-se à inclusão e estudo da sua obra, por forma a dar a conhecer os contributos valiosíssimos que Lopes de Mendonça deu para a Marinha e para o País. Começando pela sua carreira como oficial de Marinha e acabando com a sua carreira como homem de Letras, separação esta que na prática se torna de extrema dificuldade sendo que estas duas carreiras muitas vezes se sobrepuseram. Devido à abrangência e grandeza da sua obra, a presente dissertação foi dividida em vários capítulos, na qual consta uma listagem das obras e trabalhos publicados, realizados e apresentados por forma a dar a conhecer a dimensão da sua obra e contributo para as futuras gerações.

Indisponível

Esgotado

Indisponível

Esgotado

informação do livro

Fumos da Índia de Henrique Lopes Mendonça. Portugal-Brasil Sociedade Editora. Lisboa, s.d., 224 págs. Mole.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

Henrique Lopes de Mendonça nasceu a 12 de fevereiro de 1856 e faleceu a 24 de agosto de 1931, foi oficial da Marinha, militar, escritor, dramaturgo, poeta, arqueólogo e patriota que dignificou a Armada e honrou o País. Realizou diversas comissões e projetos ao serviço da Marinha, mas também contribuiu, em larga escala, para o desenvolvimento cultural e científico a nível nacional com a produção de inúmeras obras ao longo da sua vida. A presente dissertação visa estudar e analisar os acontecimentos e polémicas presentes nas comemorações do IV Centenário do Descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia no qual o biografado participou e teve um grande envolvimento. Nesta dissertação procedeu-se à inclusão e estudo da sua obra, por forma a dar a conhecer os contributos valiosíssimos que Lopes de Mendonça deu para a Marinha e para o País. Começando pela sua carreira como oficial de Marinha e acabando com a sua carreira como homem de Letras, separação esta que na prática se torna de extrema dificuldade sendo que estas duas carreiras muitas vezes se sobrepuseram. Devido à abrangência e grandeza da sua obra, a presente dissertação foi dividida em vários capítulos, na qual consta uma listagem das obras e trabalhos publicados, realizados e apresentados por forma a dar a conhecer a dimensão da sua obra e contributo para as futuras gerações.

Peso 195 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja
    × How can I help you?