Fumo de Verão

Tennesse Williams

5,00 

Título: Fumo de Verão
Autor: Tennesse Williams
Edição: Europa-América
Colecção | Nº: Três Abelhas | 44
Ano: 1962
Páginas: 131
Encadernação: Mole
Capa: António Domingues
Tradução: Luís de Sttau Monteiro

SOBRE
Tennessee Williams é um dos mais festejados dramaturgos norte-americanos de entre os que se revelaram nos últimos vinte anos. A adaptação ao cinema de algumas das suas obras mais representativas e o facto de ter escrito argumentos originais para obras cinematográficas mais contribuíram ainda para aumentar o seu prestigio e consolidar a reputação mundial de que actualmente desfruta. Natural de Columbus (Mississipi), é descendente de pioneiros da Nova Inglaterra e teve uma dura experiência de vida na sua mocidade, tendo-se visto na necessidade de lançar mão a vários empregos árduos para poder ganhar a vida, Após o seu primeiro triunfo como autor dramático, em 1940, com a peça Batalha de Anjos, que subiu à cena no final daquele ano, conseguiu um emprego estável e bem remunerado nos estúdios da M. G. M., em Hollywood, o que lhe permitiu dedicar-se com maior continuidade à criação de uma obra de forte intensidade dramática e de clima trágico e apaixonante, em que se destacam peças tão vigorosas como Um Eléctrico Chamado Desejo, A Rosa Tatuada e a que agora se publica em versão portuguesa, Fumo de Verão. Drama repassado de tragédia, que põe frente a frente dois seres que se amam de maneiras totalmente opostas – ela idealista e ele sensualmente apaixonado, Fumo de Verão é uma angustiante ilustração do eterno conflito entre a carne e o espírito.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar