Evora Romana

Gabriel Pereira

Indisponível

Título: Evora Romana
Autor: Gabriel Pereira
Edição: Minerva Eborense
Colecção | Nº: Estudos Eborenses | 2
Ano: 1916
Páginas: 24
Encadernação: Mole
Título Original: Évora Romana – 1ª Parte – O Templo Roamano, as Inscripções Lapidares
Obs.: 2ª Edição.

Categoria: Etiqueta:

SOBRE
O templo romano de Evora figura entre as principaes antiguidades da peninsula hispanica, a primeira como representante da grande arte greco latina, uma das melhor conservadas, unica no seu genero em todo o occidente hispanico, porque exis tem vestigios de varios templos pagãos, de nenhum porém que se approximasse da magestosa cons trucção romana, em grande estylo, que formava a corôa da cidade municipal Ebora, ou Liberalitas Julia.


SOBRE O AUTOR

Gabriel Pereira

(1847 – 1911)

Conservador e Director da Biblioteca Nacional, cargo que exerceu entre 1888 e 1902. encontrou em Évora um conjunto de fundos bibliográficos e arquivísticos assim como um vasto espólio arqueológico de suporte ao seu trabalho enquanto erudito. Dirigiu, juntamente com Enrique Casanova, a revista de arqueologia A Arte Portuguesa (1905). Traduziu do latim os grandes escritores gregos e romanos, nomeadamente Estrabão e Plínio, que caracterizaram a geografia da Península Ibérica. Uma das suas obras mais conhecidas, Estudos Eborenses, constitui uma importante referência para a história da cidade de Évora.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar