Então e a Alma?

A alma é neuronal? O pensamento, a moral, as paixões são ou não explicadas pelos notáveis progressos das ciências do sistema nervoso?
Os domínios abordados são muito diferentes, as luzes propostas muito variadas, mas o objecto é único. Esclarecer, enriquecer, fortalecer a confrontação, de reflexões, que têm como motivo o cérebro do homem: a corrente da análise e a corrente da síntese.
Esta confrontação ensina-nos que a sinfonia está inacabada. Ela recusa o imobilismo, propões o movimento, o movimento que permite ter esperança.

A alma é neuronal? O pensamento, a moral, as paixões são ou não explicadas pelos notáveis progressos das ciências do sistema nervoso?
Os domínios abordados são muito diferentes, as luzes propostas muito variadas, mas o objecto é único. Esclarecer, enriquecer, fortalecer a confrontação, de reflexões, que têm como motivo o cérebro do homem: a corrente da análise e a corrente da síntese.
Esta confrontação ensina-nos que a sinfonia está inacabada. Ela recusa o imobilismo, propões o movimento, o movimento que permite ter esperança.

Indisponível

Esgotado

Indisponível

Esgotado

informação do livro

Título: Então e a Alma?
Autor: Jean Bernard
Edição: Europa-América
Colecção | Nº: Estudos e Documentos
Ano: 1988
Páginas: 176
Encadernação: Mole
Tradução: Emílio Campos Lime
Título Original: Et l’âme? demande Brigitte
Depósito Legal: 22401/88

A alma é neuronal? O pensamento, a moral, as paixões são ou não explicadas pelos notáveis progressos das ciências do sistema nervoso?
Os domínios abordados são muito diferentes, as luzes propostas muito variadas, mas o objecto é único. Esclarecer, enriquecer, fortalecer a confrontação, de reflexões, que têm como motivo o cérebro do homem: a corrente da análise e a corrente da síntese.
Esta confrontação ensina-nos que a sinfonia está inacabada. Ela recusa o imobilismo, propões o movimento, o movimento que permite ter esperança.

Peso 170 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja