Ensino das Humanidades na Universidade

«Ora, o bom professor tem que pedir ao estudante aquilo que ele pode fazer; não é que ele tenha que ler muito, ele tem é que ler bem. E ler bem tem que ser com tempo. Portanto, nós não podemos aliviar a nossa boa consciência dizendo: “leiam e leiam mais”. Não, nós é que temos que organizar programas em termos de adequação de possibilidade, de dar tempo para pensar, de fazer uma selecção e, sobretudo, de ensinar as pessoas a gerir o seu tempo de leitura.»

Os textos que aqui se reunem, num colectivo de actas, resultam de um desafio, da resposta a esse desafio, e do eco que esse desafio teve entre pessoas sensíveis ao problema. Desfiando por sequência, podemos dizer que o primeiro passo, provocatório, amistoso e entusiástico, veio da Professora Maria Alzira Seixo. Justificava-o, de certo modo, a vonta- de de culminar, com uma reflexão conjunta, em acto público, uma com- panhia que teve várias formas, intensidades e desenvolvimentos.

6,00 

6,00 

informação do livro

Título: Ensino das Humanidades na Universidade
Autor: Eunice Cabral
Edição: Ulmeiro
Ano: 2000
Páginas: 107
Encadernação: Mole
Depósito Legal: 152247/00
ISBN: 972-706-325-X

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Os textos que aqui se reunem, num colectivo de actas, resultam de um desafio, da resposta a esse desafio, e do eco que esse desafio teve entre pessoas sensíveis ao problema. Desfiando por sequência, podemos dizer que o primeiro passo, provocatório, amistoso e entusiástico, veio da Professora Maria Alzira Seixo. Justificava-o, de certo modo, a vonta- de de culminar, com uma reflexão conjunta, em acto público, uma com- panhia que teve várias formas, intensidades e desenvolvimentos.

Peso 165 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja