Drama de Rio-Belo

Licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa foi, além de advogado, professor do ensino secundário, inspector dos Bens Culturais no Ministério da Justiça e director do Arquivo de Identificação de Lisboa.

Colaborou em diversos jornais e revistas desta cidade, onde publicou contos (destaque-se O Maltês, sep. da revista Ocidente, 1963). Considerado típico romancista do amor (cf. Dicionário de Literatura, 1º. vol., de Jacinto do Prado Coelho), e defendendo o direito a esse amor contra quaisquer convenções sociais, procura iluminar a antinomia entre a posse e o amor. Também se destacou na crónica.

Licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa foi, além de advogado, professor do ensino secundário, inspector dos Bens Culturais no Ministério da Justiça e director do Arquivo de Identificação de Lisboa.

Colaborou em diversos jornais e revistas desta cidade, onde publicou contos (destaque-se O Maltês, sep. da revista Ocidente, 1963). Considerado típico romancista do amor (cf. Dicionário de Literatura, 1º. vol., de Jacinto do Prado Coelho), e defendendo o direito a esse amor contra quaisquer convenções sociais, procura iluminar a antinomia entre a posse e o amor. Também se destacou na crónica.

5,00 

informação do livro

Título: Drama de Rio-Belo
Autor: Manuel de Campos Pereira
Edição: Civilização
Ano: 1947
Páginas: 317
Encadernação: Mole

Alfarrabista

 

Assinatura de posse

Licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa foi, além de advogado, professor do ensino secundário, inspector dos Bens Culturais no Ministério da Justiça e director do Arquivo de Identificação de Lisboa.

Colaborou em diversos jornais e revistas desta cidade, onde publicou contos (destaque-se O Maltês, sep. da revista Ocidente, 1963). Considerado típico romancista do amor (cf. Dicionário de Literatura, 1º. vol., de Jacinto do Prado Coelho), e defendendo o direito a esse amor contra quaisquer convenções sociais, procura iluminar a antinomia entre a posse e o amor. Também se destacou na crónica.

Peso 320 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja