Dois Gatos e uma Gata

Os dois gatos lá em baixo cercavam a gata que, aninhada, os olhava com desconfiança. Os gatos, cada um em seu canto, sempre que ela fazia um pequeno movimento levantavam a cabeça e espreitavam-se.
Em dez minutos tinham dado a volta ao pequeno quintal e agora perto da escada de pedra, colorida pelo musgo erguiam o pêlo e arqueavam as costas. A gata rastejando desceu o primeiro degrau e de repente, escapuliu-se. Os dois chocaram-se furiosos e começaram a bufar e a morder-se. A gata trepou o muro do vizinho, subiu ao galinheiro e, deixou-se ficar.
Os gatos rebolaram pela escada, fizeram um barulho infernal e reapareceram. Meteram-se entre as couves, abanaram-lhes os troncos, levantaram a terra seca.
A gata aproximou-se do muro, baixou a cabeça e por fim saltou para a noite. Então os dois afastaram-se, deitaram-se um olhar raivoso e soprando ainda fugiram cada qual para o seu lado.

Dois Gatos e uma Gata de António Soares Moreira

Os dois gatos lá em baixo cercavam a gata que, aninhada, os olhava com desconfiança. Os gatos, cada um em seu canto, sempre que ela fazia um pequeno movimento levantavam a cabeça e espreitavam-se.
Em dez minutos tinham dado a volta ao pequeno quintal e agora perto da escada de pedra, colorida pelo musgo erguiam o pêlo e arqueavam as costas. A gata rastejando desceu o primeiro degrau e de repente, escapuliu-se. Os dois chocaram-se furiosos e começaram a bufar e a morder-se. A gata trepou o muro do vizinho, subiu ao galinheiro e, deixou-se ficar.
Os gatos rebolaram pela escada, fizeram um barulho infernal e reapareceram. Meteram-se entre as couves, abanaram-lhes os troncos, levantaram a terra seca.
A gata aproximou-se do muro, baixou a cabeça e por fim saltou para a noite. Então os dois afastaram-se, deitaram-se um olhar raivoso e soprando ainda fugiram cada qual para o seu lado.

5,00 

informação do livro

Título: Dois Gatos e uma Gata
Autor: António Soares Moreira
Edição: Ed. Autor
Ano: 1968
Páginas: 116
Encadernação: Mole

Os dois gatos lá em baixo cercavam a gata que, aninhada, os olhava com desconfiança. Os gatos, cada um em seu canto, sempre que ela fazia um pequeno movimento levantavam a cabeça e espreitavam-se.
Em dez minutos tinham dado a volta ao pequeno quintal e agora perto da escada de pedra, colorida pelo musgo erguiam o pêlo e arqueavam as costas. A gata rastejando desceu o primeiro degrau e de repente, escapuliu-se. Os dois chocaram-se furiosos e começaram a bufar e a morder-se. A gata trepou o muro do vizinho, subiu ao galinheiro e, deixou-se ficar.
Os gatos rebolaram pela escada, fizeram um barulho infernal e reapareceram. Meteram-se entre as couves, abanaram-lhes os troncos, levantaram a terra seca.
A gata aproximou-se do muro, baixou a cabeça e por fim saltou para a noite. Então os dois afastaram-se, deitaram-se um olhar raivoso e soprando ainda fugiram cada qual para o seu lado.

Peso 105 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja