Dias Comuns VII: Rasto Cinzento

José Gomes Ferreira

Indisponível

Título: Dias Comuns VII: Rasto Cinzento
Autor: José Gomes Ferreira
Edição: D. Quixote
Ano: 2015
Páginas: 206
Encadernação: Mole
Capa: Rui Garrido
Depósito Legal: 387296/15
ISBN: 978-972-20-5649-6

SOBRE
« Entretanto, recebi uma carta simpaticíssima do Carlos Drummond de Andrade a acusar a recepção dos meus três livros de poesia e a confessar-se meu amigo.
No fecho da carta, como que a queixar-se indiretamente do mau momento de tirania por que passa o Brasil, fala de “esperança de melhores tempos para todos nós”.
Gostaria de conhecer pessoalmente o Carlos Drummond de Andrade. Deve possuir esta coisa rara: inteligência de coração. A escrever, pelo menos, adivinha o que deve dizer para tornar de veludo quente as pontes de sangue que ligam os indivíduos perdidos nas suas ilhas de morte.»


SOBRE O AUTOR

José Gomes FerreiraJosé Gomes Ferreira (1900-1985). Escritor com uma obra vasta, desmultiplicada por variados géneros, explorando as relações entre tradição e modernidade.
Na sua obra expõe os modos de construção textual, dando conta de uma forma literariamente interessante da evolução do seu processo criativo; é neste contexto que, já nos anos 60, Gomes Ferreira vem a defender a concepção do poeta militante, elegendo como objecto da militância a escrita e a aprendizagem pessoal e literária. As obras do autor oferecem ainda componentes oníricas ou de retrato de época, sempre assentes numa atitude irónica e hiper-reflexiva.  Da sua bibliografia destacam-se as obras: Poesia (1948-76); As Aventuras de João Sem Medo (1963); Poeta Militante (1967) ou Sabor das Trevas (1976).

 


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar