Escritor e antropólogo angolano, Henrique Mário de Carvalho Moutinho Abranches, nascido a 29 de setembro de 1932, em Lisboa, e falecido a 5 de fevereiro de 2006, na Áfric do Sul, usava também os pseudónimos Mwen Kalungo e Mwene Kalungo-Lungo.
Foi para Angola em 1947, onde aí adquiriu a nacionalidade e dedicou-se ao estudo da cultura angolana. Fundou, juntamente com Pepetela, em Argel, o Centro de Estudos Angolanos, onde trabalharam na redação de um manual de História de Angola.
Entre 1976 e1979, Henrique Abranches foi diretor dos serviços museológicos de Angola e publicou diversos ensaios na área da antropologia social angolana, tais como Sobre o Feiticismo (1978), Reflexões sobre Cultura Nacional (1980) e Sobre os Bassolongos, Arqueologia da Tradição Oral (1991). Para além destes ensaios, colaborou em diversas publicações de imprensa, Cultura (II), Mensagem (Casa de Estudantes do Império), Jornal de Angola e a revista Àfrica.

Escritor e antropólogo angolano, Henrique Mário de Carvalho Moutinho Abranches, nascido a 29 de setembro de 1932, em Lisboa, e falecido a 5 de fevereiro de 2006, na Áfric do Sul, usava também os pseudónimos Mwen Kalungo e Mwene Kalungo-Lungo.
Foi para Angola em 1947, onde aí adquiriu a nacionalidade e dedicou-se ao estudo da cultura angolana. Fundou, juntamente com Pepetela, em Argel, o Centro de Estudos Angolanos, onde trabalharam na redação de um manual de História de Angola.
Entre 1976 e1979, Henrique Abranches foi diretor dos serviços museológicos de Angola e publicou diversos ensaios na área da antropologia social angolana, tais como Sobre o Feiticismo (1978), Reflexões sobre Cultura Nacional (1980) e Sobre os Bassolongos, Arqueologia da Tradição Oral (1991). Para além destes ensaios, colaborou em diversas publicações de imprensa, Cultura (II), Mensagem (Casa de Estudantes do Império), Jornal de Angola e a revista Àfrica.

5,00 

informação do livro

Título: Diálogo
Autor: Henrique Abranches
Edição: União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa
Ano: 2014
Páginas: 48
Encadernação: Mole
Capa: Judite Cília
Depósito Legal: 378495/14
Obs.: Edição Fac-simile da 1ª edição de 1962 – Casa dos Estudantes do Império.

Escritor e antropólogo angolano, Henrique Mário de Carvalho Moutinho Abranches, nascido a 29 de setembro de 1932, em Lisboa, e falecido a 5 de fevereiro de 2006, na Áfric do Sul, usava também os pseudónimos Mwen Kalungo e Mwene Kalungo-Lungo.
Foi para Angola em 1947, onde aí adquiriu a nacionalidade e dedicou-se ao estudo da cultura angolana. Fundou, juntamente com Pepetela, em Argel, o Centro de Estudos Angolanos, onde trabalharam na redação de um manual de História de Angola.
Entre 1976 e1979, Henrique Abranches foi diretor dos serviços museológicos de Angola e publicou diversos ensaios na área da antropologia social angolana, tais como Sobre o Feiticismo (1978), Reflexões sobre Cultura Nacional (1980) e Sobre os Bassolongos, Arqueologia da Tradição Oral (1991). Para além destes ensaios, colaborou em diversas publicações de imprensa, Cultura (II), Mensagem (Casa de Estudantes do Império), Jornal de Angola e a revista Àfrica.

Peso 55 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja