Diálogo das Compensadas

Num ponto qualquer do futuro distante, certo autor decide-se a narrar um caso de proveito e exemplo ocorrido nos recuados princípios do século XXI. Como base de trabalho, ele possui fragmentos de um livro publicado nessa mesma época – escrito, portanto, em Português decadente, talvez já contaminado pelo novo idioma que viria a substituí-lo, o Yeah-Yeah-Man.
Negando-se a recuar perante a dificuldade, o nosso autor aproveita as partes mais legíveis do texto original e completa-as na boa e clara linguagem do Português Ressuscitado. Assim surge o Diálogo das Compensadas, cujas principais figuras são um jovem da geração reality-show e uma abadessa não isenta de mistérios e segredos.

À semelhança do que já fez em romances anteriores, João Aguiar prossegue neste livro uma crítica feroz aos aspectos mais mesquinhos da sociedade em que nos coube viver.

5,00 

5,00 

informação do livro

Diálogo das Compensadas de João Aguiar. Edições ASA. Porto, 2001, 154 págs. Mole.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

Num ponto qualquer do futuro distante, certo autor decide-se a narrar um caso de proveito e exemplo ocorrido nos recuados princípios do século XXI. Como base de trabalho, ele possui fragmentos de um livro publicado nessa mesma época – escrito, portanto, em Português decadente, talvez já contaminado pelo novo idioma que viria a substituí-lo, o Yeah-Yeah-Man.
Negando-se a recuar perante a dificuldade, o nosso autor aproveita as partes mais legíveis do texto original e completa-as na boa e clara linguagem do Português Ressuscitado. Assim surge o Diálogo das Compensadas, cujas principais figuras são um jovem da geração reality-show e uma abadessa não isenta de mistérios e segredos.

À semelhança do que já fez em romances anteriores, João Aguiar prossegue neste livro uma crítica feroz aos aspectos mais mesquinhos da sociedade em que nos coube viver.

Peso 195 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja