De Noite, Casa por Casa

Vincenzo Consolo

5,00 

Título: De Noite, Casa por Casa
Autor: Vincenzo Consolo
Edição: Teorema
Colecção | Nº: Estórias | 84
Ano: 1996
Páginas: 161
Encadernação: Mole
Capa: Fernando Mateus
Tradução: José Colaço Barreiros
Título Original: Nottetempo, casa per casa
Depósito Legal: 99760/96
ISBN: 972-695-249-2

SOBRE
Um romance musical, cheio de fulgurações poéticas e alimentado por uma prodigiosa invenção linguística, ao qual foi atribuído em 1992 o importante Prémio Strega. A acção decorre na Sicília, no princípio dos anos 20, época em que o fascismo se afirma e começa a longa noite da razão. Em Palermo, instala-se uma extravagante comunidade de estrangeiros que se entregam a misteriosos ritos esotéricos, missas gnósticas e núpcias pagas com a natureza. O seu Mestre é um moderno superhomem, Aleister Crowley-amigo de Fernando Pessoa que é várias vezes invocado, bem como os seus heterónimos, ao longo do romance-profeta de uma religião satânica e fundador da Abadia, que veio encenar nesta região mediterrânica talvez a sua última provocação teatral. O fátuo barão Ciccio, admirador de D’Annunzio, vê nesta situação, que veio perturbar os sonolentos hábitos da cidade, a ocasião para pôr em prática as suas fantasias eróticas. O jovem mestre-escola Petro Marano descobre o sentido das revoltas socialistas e anarquistas contra os desastres da guerra e as violências dos agrários, aliados aos mafiosos, e procura um gesto que de significado à sua experiência da infelicidade e da loucura… Uma obra que é um verdadeiro poema da memória e da escrita, chamada, uma vez mais, a “dar uma razão e um nome a toda aquela dor”.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar