Críticas e Crónicas

João José Cochofel

7,50 

João José Cochofel seleccionou de uma aturada colaboração na imprensa cultural e diária, que durou dos primeiros anos da década de quarenta até há poucos anos, os escritos agrupados neste volume sob o titulo de Criticas e Crónicas Fica assim salvaguardado um acervo notável que se arriscaria a permanecer apenas acessível aos investigadores que quizessem procurar nas páginas do República ou do Jornal do Comércio, da Seara Nova ou do Vértice, de A Capital ou do Primeiro de Janeiro ou da Gazeta Musical (depois Musical E De Todas As Artes), os artigos e as criticas que, com continuidade insuspeitada, o seu labor atento foi produzindo, a par e passo com o erguer dum trabalho poético oportunamente recolhido em duas colectâneas que agrupam toda a sua poesia: 46. Aniversário e O Bispo de Pedra. Em prosa não poderá ficar esquecido o ensaio Iniciação Estética ou os estudos sobre Gonçalves Crespo e Álvaro Feijó, nem as traduções sensíveis de Steinbeck e Aragon.
Essencialmente os escritos agora agrupados em volume cobrem três áreas: a musical, arte tão querida a Cochofel e de que foi um dos mais cultos críticos, atentíssimo a todos os seus aspectos, com particular incidência na Música Portuguesa Contemporânea; a da crítica literária, onde uma profunda reflexão sobre a criação poética lhe abre as portas para a compreensão da obra alheia: finalmente as Crónicas publicadas, infelizmente duma maneira esporádica, no Primeiro de Janeiro nas quais, numa prosa admirável de contenção, agudeza. sensibilidade e bom gosto, fixou alguns momentos de reflexão comovida e profunda sobre o homem, sobre este Pais e sobre si mesmo.