Corpo Ausente

Corpo Ausente de Mário Braga

Cinco temas emocionantes se desenvolvem neste livro em que o Autor, debruçado sobre uma problemática totalmente diferente da que até aqui o solicitara, se consagra a uma análise das contradições nas quais se debate o homem contemporâneo em resposta a uma realidade que o traumatiza.
Em Corpo Presente» assiste-se à transfiguração do humano e da própria paisagem exterior, originada pelas ressonâncias colectivas de uma grande dor individual. No Espólio Intactos mergulha-se no abismo do milenário conflito entre o Amor e o Egoísmo. tímido, raciocinante e solitário, enxertado num fundamental processo de insegurança ideológica. O Grotesco e a Piedade jogam um estranho entremez em O Cauteleiro Fantasma», e em Fel da Noites &-se impressionado por um colorido e alucinante pseudo-delírio onírico que a estreiteza das realidades, económicas do dia-a-dia mais torna doloroso. Por fim, em Corpo Ausente», contra o pano de fundo das contradições internas decorrentes do clã familiar, digladiam-se a disciplina da Acção Política e os valores da Solidariedade Humana.
Obra singular e a muitos títulos inovadora da temática do neo-realismo português, ela confirma os dotes e a consciente evolução de Mário Braga, recentemente distinguido com o Prémio Ricardo Malheiros.

7,50 

SKU 20240206_1412 Categorias , , Autor

informação do livro

Corpo Ausente de Mário Braga. Portugália Editora. Lisboa, 1961, 176 págs. Mole.

Alfarrabista

 

1ª Edição

Cinco temas emocionantes se desenvolvem neste livro em que o Autor, debruçado sobre uma problemática totalmente diferente da que até aqui o solicitara, se consagra a uma análise das contradições nas quais se debate o homem contemporâneo em resposta a uma realidade que o traumatiza.
Em Corpo Presente» assiste-se à transfiguração do humano e da própria paisagem exterior, originada pelas ressonâncias colectivas de uma grande dor individual. No Espólio Intactos mergulha-se no abismo do milenário conflito entre o Amor e o Egoísmo. tímido, raciocinante e solitário, enxertado num fundamental processo de insegurança ideológica. O Grotesco e a Piedade jogam um estranho entremez em O Cauteleiro Fantasma», e em Fel da Noites &-se impressionado por um colorido e alucinante pseudo-delírio onírico que a estreiteza das realidades, económicas do dia-a-dia mais torna doloroso. Por fim, em Corpo Ausente», contra o pano de fundo das contradições internas decorrentes do clã familiar, digladiam-se a disciplina da Acção Política e os valores da Solidariedade Humana.
Obra singular e a muitos títulos inovadora da temática do neo-realismo português, ela confirma os dotes e a consciente evolução de Mário Braga, recentemente distinguido com o Prémio Ricardo Malheiros.

Peso 336 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja