Cartas de Amor

Ernest tem dez anos. Dez anos de vazio: a mãe morreu no dia em que ele nasceu e o pai desapareceu. Dez anos de tédio: a vida com a avó, de nome Précieuse, não tem nada de muito exaltante. Escola, lanche, deveres, sopa. Não há telefone, não há televisão. Única distracção: uma misteriosa carta que o bisavô de Ernest havia enviado da frente de guerra, uma carta indecifrável. Ernest é bom aluno, solitário, taciturno, para não dizer mudo. Até ao dia em que Victoire de Montardent chega à sua turma e dispara sobre ele o seu olhar. Pois Ernest é lindo, coisa em que as outras raparigas da turma já tinham reparado…

2,50 

2,50 

informação do livro

Cartas de Amor de Susie Morgenstern. Ambar. Porto, 2003, 109 págs. Mole.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

Ernest tem dez anos. Dez anos de vazio: a mãe morreu no dia em que ele nasceu e o pai desapareceu. Dez anos de tédio: a vida com a avó, de nome Précieuse, não tem nada de muito exaltante. Escola, lanche, deveres, sopa. Não há telefone, não há televisão. Única distracção: uma misteriosa carta que o bisavô de Ernest havia enviado da frente de guerra, uma carta indecifrável. Ernest é bom aluno, solitário, taciturno, para não dizer mudo. Até ao dia em que Victoire de Montardent chega à sua turma e dispara sobre ele o seu olhar. Pois Ernest é lindo, coisa em que as outras raparigas da turma já tinham reparado…

Peso 190 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja