Camarate – A Verdade Não Prescreve

Camarate - A Verdade Não Prescreve de Inês Serra Lopes

Passaram mais de quarenta anos desde o acidente que provocou a morte de Sá Carneiro, Adelino Amaro da Costa e dos outros passageiros do Cessna que descolou do aeroporto da Portela rumo ao Porto.
Inúmeras Comissões Parlamentar de Inquérito à Tragédia de Camarate debruçaram-se sobre o assunto. Porém e apesar de a investigação oficial ter concluído que o acidente foi causado por uma falha técnica, muitas pessoas continuam a não acreditar, tal como a autora do livro que afirmou “Não tenho o nome dos autores morais de Camarate. Sobre eles tenho apenas duas certezas: São militares e políticos, e estavam – estarão ainda, muito provavelmente – envolvidos em negócios ilícitos.”
Estamos, pois, perante, o caso português que mais debate e especulação causou, nos últimos anos, na opinião pública portuguesa ao ponto de terem surgido inúmeras “teorias da conspiração” sobre o que realmente terá acontecido naquele dia 4 de Dezembro de 1980.

INDISPONÍVEL

informação do livro

Título: Camarate – A Verdade Não Prescreve
Autor: Inês Serra Lopes
Edição: Dom Quixote
Colecção | Nº: Caminhos da Memória | 10
Ano: 1996
Páginas: 250
Encadernação: Mole
Capa: Alfredo Cunha
Depósito Legal: 100751/96
ISBN: 972-20-1339-4

Passaram mais de quarenta anos desde o acidente que provocou a morte de Sá Carneiro, Adelino Amaro da Costa e dos outros passageiros do Cessna que descolou do aeroporto da Portela rumo ao Porto.
Inúmeras Comissões Parlamentar de Inquérito à Tragédia de Camarate debruçaram-se sobre o assunto. Porém e apesar de a investigação oficial ter concluído que o acidente foi causado por uma falha técnica, muitas pessoas continuam a não acreditar, tal como a autora do livro que afirmou “Não tenho o nome dos autores morais de Camarate. Sobre eles tenho apenas duas certezas: São militares e políticos, e estavam – estarão ainda, muito provavelmente – envolvidos em negócios ilícitos.”
Estamos, pois, perante, o caso português que mais debate e especulação causou, nos últimos anos, na opinião pública portuguesa ao ponto de terem surgido inúmeras “teorias da conspiração” sobre o que realmente terá acontecido naquele dia 4 de Dezembro de 1980.

Peso 301 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja